sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Trico - Como calcular uma peça perfeita?


Não é difícil calcular o número de pontos para confeccionar uma peça no tamanho desejado. Então, porque não explicam direitinho como fazer? Encontramos modelos de peças lindas na internet, mas, quando resolvemos confeccionar, quanta decepção. A blusa que você preparou ou ficou grande demais ou muito apertadinha, não é isso?

Vamos às dicas importantes para você nunca mais errar.

- Compre todo o material (linha ou lã) de uma única vez para realizar o trabalho. A cor altera conforme a tiragem da fábrica e guarde a embalagem até que termine a peça, caso você precise comprar mais material, e na embalagem tem a indicação da tiragem do seu material.

- Comece seu trabalho com uma amostra do ponto. Não tem como fazer diferente. A espessura da agulha e a pressão da linha interferem no tamanho da peça. Ou seja, o seu ponto é quase igual ao meu, mas, não é igual. É por esse motivo que precisamos fazer a amostra do tricô. Então, mãos à obra.

- Coloque, aproximadamente, 30 pontos na agulha (verifique o número de pontos necessários para ponto fantasia, assim você vai precisar saber o nº múltiplo de pontos para preparar a amostra corretamente, ou seja se são quatro pontos serão 32 pontos na amostra). Prepare um quadrado, arremate e vamos aos cálculos.

Abra a amostra em superfície plana e mantenha a peça aberta corretamente, não estique e não comprima, para não sair da realidade.

Tenha em mãos uma fita métrica ou régua, papel, lápis (não use caneta para não estragar a peça) e uma calculadora (facilita muito).

Coloque a peça na posição correta. A quantidade de pontos fica no sentido horizontal e o  número de carreiras na posição vertical.

Verifique quantos pontos foram necessários para confeccionar 10 centímetros de largura e anote no papel: Largura = 16 pontos (nº fictício) deu 10 cm. Faça o mesmo com o comprimento, agora você está contando o número de carreiras, ok? Anote: Comprimento = 18 carreiras (nº fictício) para medir os 10 cm.

Procure ter como amostra uma peça que fique perfeita na pessoa. Meça a peça, comprimento e largura e anote.

Vamos aos cálculos:

A amostra contém 16p x 18 carreiras = 10cm x 10cm.
Faça o mesmo com a peça a ser copiada. A peça tem 47 cm de largura e 51 cm de comprimento = 47cm x 51cm.

Agora vamos à regrinha de três. Isso mesmo!! É pura matemática.

Calculando o número de pontos na agulha:

Amostra tricotada:
Largura: 16p (pontos) = 10 cm
Comprimento: 18c (carreiras) = 10 cm

Cálculo:
Quantidade de pontos na agulha:

Se com 16 pontos da amostra faço 10 centímetros, quanto pontos vou precisar colocar na agulha para confeccionar 47cm?

Cálculo: 16 pontos = 10 cm
              X pontos = 47 cm

Então: X pontos = (16 x 47) : 10    X pontos = 752 : 10, X pontos = 75,2 pontos. Bem, temos que fazer aproximações. Ou colocamos 75 pontos ou 76 pontos. Mas, o resultado é muito aproximado, não compromete o produto final. Um ponto a mais ou a menos não fará diferença no produto final.

Ah!!! Não esqueça que se o trabalho for com ponto fantasia, você terá que fazer ajuste. Ou seja: se o ponto fantasia ocupa 4 pontos na agulha, é preciso mais uma continha. Você vai colocar 76 pontos, para finalizar a carreira com 19 pontos fantasia.

Número de Carreiras: Esse é mais fácil, ou você vai fazendo e comparando com a peça que você está usando como modelo, ou poderá fazer uma estimativa para saber quantas carreiras vai precisar para finalizar seu trabalho.


Se com 18 carreiras fiz 10 centímetros, quantas carreiras preciso fazer para ter o produto final?

Cálculo: 18 carreiras = 10cm
              X carreiras = 51cm

Então temos X carreiras = (18 x 51) : 10, agora é só terminar o cálculo. X carreiras = 918 : 10  e finalmente: X carreiras = 91,8. Então vamos fazer 91 ou 92 carreiras.

OBS: Qualquer dúvida pode entrar em contato, faço as contas para você.

Este exemplo é para peças retas. Se você precisa de manga, é claro que vai começar com um determinado nº de pontos e terá que fazer aumentos durante o trabalho.

Neste caso, é interessante ter o molde em papel ou preparar a peça seguindo uma receita.

21 comentários:

  1. Oi.

    Comecei um casaco para a minha filhinha e é com a lã Velour, fofa demaiiss, não encontrei nenhuma receita que pudesse adaptar e estou fazendo por um casaco que ela tem, utilizando a amostra e a muito bem-vinda regra de três. Por enquanto td bem;).

    Muito bem explicadinho o seu post:)
    Obrigada.

    Abraço,
    Kátia.

    ResponderExcluir
  2. Obrigadissima por essa simplificação de como iniciar um projeto, tenho enorme vontade de fazer um casaco top down mas sempre empaquei nos cálculos.

    ResponderExcluir
  3. Marcia, fico muito feliz de ajudar. As pessoas complicam muito a matemática, se explicar direitinho, tudo fica mais fácil.
    Qualquer coisa, pode entrar em contato, ok?
    Abração

    ResponderExcluir
  4. Boa noite, não entendi qts pontos colocar na agulha. fiz a amostra - 10cm = 18pontos largura e 22 carreiras comprimento. medidas de uma blusa - 51 largura e 60 comprimento. está dando 180 pontos, a gola não vai ficar muito grande ? poderia me ajudar ?obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cely,
      Sua mensagem não chegou pra mim. Você já resolveu o problema? Desculpas.

      Excluir
  5. Ótima explicação Silvia Lira,eu só tenho uma observação a fazer quanto a amostra,alguns fios encolhem e seria interessante fazer mais um passo.Isto é válido tanto para o tricô a máquina quanto o manual,é bom molhar a mostra e deixar secar naturalmente,só depois se afere as medidas,ou passar um ferro à vapor com a ajuda de um pano por cima da peça para não correr o risco de queima-la.Geralmente temos pressa de ir logo fazendo a peça,e este passo - a - passo é super importante para se ter um tricô sobre medida e evitar possíveis perdas ou falta de fio no trabalho.Gostei muito da sua explicação,bem didática.Parabéns!

    ResponderExcluir
  6. Adorei sua observação. Não tinha pensado nisso, realmente, alguns fios depois de lavados dão uma encolhidinha. Vou passar a usar sua dica. Valeu!!!

    ResponderExcluir
  7. olá Lyra
    e como se calcula o nº de pontos no cós? é o mesmo peça ou mais?

    Obrigado
    Elsa

    ResponderExcluir
  8. Olá Elsa,

    Eu faço primeiro a amostra do ponto trabalhado para saber o nº de pontos para a peça. Se for sanfona, normalmente não faço alterações da quantidade. Ou, se quero uma peça mais ajustada no cós, diminuo o nº de pontos e acrescento depois para os pontos trabalhados.

    ResponderExcluir
  9. Muito obrigada!
    A sua dica é no mínimo valiosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Ninna, fico feliz que essa dica está sendo útil. Abração
      Silvia Lyra

      Excluir
  10. Sou iniciante no trico de maquina sua dica foi muito util obrigadinha

    ResponderExcluir
  11. Sou iniciante no trico de maquina sua dica foi muito util obrigadinha

    ResponderExcluir
  12. Melhor explicação não existe! E ainda com um "plus"... se eu não entender, você faz a conta prá mim! Ahhh... isso sim é que eu chamo de Excelência! Abraços

    ResponderExcluir
  13. Oi minha querida,eu quero fazer uma calça de trico para minha netinha de 2 aninhos,fiz a amostrinha,fiz o cálculo,mas o resultado foi um número muito baixo,realmente fiquei sem entender,pedi ajuda nos grupos,algumas pessoas muito atenciosas me deram algumas dicas mas mesmo assim continuo na mesma,se puder me ajudar ficarei muito grata.Obrigada e um anraço.

    ResponderExcluir
  14. Obrigada! Preciso fazer um casaco para minha filha! Agora ficou mais fácil.

    ResponderExcluir
  15. Obrigada! Preciso fazer um casaco para minha filha! Agora ficou mais fácil.

    ResponderExcluir
  16. E quanto as diminuições para as cavas e mangas. Fica igual a receita original?

    ResponderExcluir
  17. E quanto as diminuições para as cavas e mangas. Fica igual a receita original?

    ResponderExcluir